fbpx

Confira 8 tipos de revestimento ideais para cadeiras

12 minutos para ler

Courvin ou Corino: qual é a melhor opção? Saber escolher os tipos de revestimento para cadeiras faz toda a diferença na otimização das vendas do seu negócio. Isso porque esse é um fator determinante para garantir a qualidade e a durabilidade das peças.

Assim, você pode optar por tecidos resistentes e flexíveis em móveis que ficam sob tensões constantes ou por um revestimento impermeável para os que estão próximos a áreas úmidas, por exemplo.

Quer descobrir quais são os oito principais tipos de revestimento para cadeiras? Continue a leitura do artigo! Vamos lá?

Quais os principais tipos de revestimentos para cadeiras?

Vamos ao que interessa: revestimentos ideias para cadeiras. Conheça os principais, suas características e escolha aquele que mais se alinha às suas expectativas.

1. Lã

Esse tipo de revestimento costuma ser aplicado em cadeiras de diversos ambientes, no corporativo, colaborativo ou residencial. A lã também pode ser aliada a textura Havoc, que tem o objetivo de dar mais maciez, suavidade e conforto ao assento.

Para locais mais frios, esse tipo de material faz toda a diferença, visto que a lã possibilita uma melhor sensação térmica ao usuário da peça. Além disso, esse produto também tende a atrair a atenção da clientela, por ter um visual diferenciado e atrativo, sem precisar comprometer a sua funcionalidade, o que o torna uma ótima estratégia para aumentar as vendas do estabelecimento.

2. Vinil

As cadeiras em vinil são fabricadas a partir do policloreto de vinílica, que é o mesmo polímero utilizado nos encanamentos das construções. Esse material é popularmente conhecido como PVC, trazendo uma grande flexibilidade e mais beleza à peça.

Por ser bastante resistente, leve e impermeável, esse é um dos tipos de revestimento que costumam suportar atividades comerciais e domésticas de moderadas a pesadas. Dessa forma, o vinil é muito utilizado em cadeiras de uso coletivo, como em consultórios e em universidades, onde o fluxo de pessoas é alto.

Além de ser uma alternativa ecológica, o seu material também é de fácil higienização. Para isso, é possível utilizar um pano úmido com água e detergente neutro. Já as manchas podem ser retiradas com álcool mineral. E, caso o material fique exposto ao sol, é recomendado usar um protetor de estofados.

3. Poliéster

Por ser uma fibra sintética de alta resistência e fácil manutenção, o poliéster é muito utilizado para a fabricação de móveis corporativos. Já a sua aparência superficial é granular, ou seja, macia e suave ao toque, o que o torna presente na fabricação de cadeiras de diferentes níveis.

Esse tecido também tem uma grande vantagem de ser resistente a substâncias químicas. Além de trazer um ótimo custo-benefício para os seus clientes, pois ele é mais acessível em comparação a outros revestimentos disponíveis no mercado.

4. Corino

Você sabe o que é corino? Esse é um material muito usado para fabricar o couro sintético. O corino é feito pela combinação de 5% de poliuretano, 70% de PVC e 25% de poliéster. Assim, esses polímeros garantem uma alta maleabilidade, mais durabilidade e maior resistência.

Por ser impermeável, esse revestimento é de fácil limpeza e não mancha com facilidade, além de ser bastante flexível e confortável e não esquentar facilmente.

Devido a razões ecológicas, o corino tem se tornado cada vez mais popular e econômico. Ele pode ser encontrado em diversas cores e estilos, que vão desde móveis para casa até produtos de alto padrão, como cadeiras presidente e diretor.

Caso surja alguma mancha no revestimento, pegue uma esponja úmida e coloque algumas gotas de detergente, fazendo uma espuma. Em seguida, esfregue a mancha com movimentos circulares e use um pano úmido para limpar o local. Contudo, não se esqueça de que o couro sintético não precisa de hidratação, pois ele tem uma boa elasticidade e não racha da mesma forma que o couro legítimo.

5. Courvin

Com uma densidade intermediária, o courvin é uma malha que costuma ter fios de diferentes materiais, como algodão, nylon ou sarja. Apesar de ser um material espesso e resistente, ele também é menos versátil e maleável, podendo comprometer acabamentos de alta qualidade.

Entretanto, o courvin também é conhecido por trazer conforto e menor custo de produção, quando comparado à utilização de elementos naturais para a produção, como o couro animal. Além disso, ele é impermeável, tem baixa adesão a odores e boa aderência à pintura, sendo possível encontrá-lo nas mais variadas cores, como marrom, vermelho e azul.

Entre os materiais de couro sintético, o courvin costuma ser mais resistente que o corino. Mas é preciso tomar alguns cuidados relacionados à limpeza para evitar causar manchas no produto. Para isso, evite usar itens abrasivos na cadeira, como alvejantes, álcool, sabões concentrados, amônias e benzinas.

6. Tecidos de fio tinto

Por passar por um processo industrial que busca melhorar a duração e a intensidade das cores, o tecido de fio tinto costuma trazer uma maior resistência aos fios. Da mesma forma, tem maior versatilidade e durabilidade. Isso porque, durante a sua fabricação, é feito um processo de texturização nas suas fibras, por meio do qual é possível aumentar a qualidade do produto.

Esse revestimento pode ser produzido tanto com material único de poliéster quanto em conjunto com outros, como vinil e couro. Isso o torna capaz de comportar diversos tipos de acabamento, como o antichamas, que consegue retardar a propagação do fogo, e o teflon, que tem, entre as suas vantagens, a capacidade de repelir óleo e água.

Os tecidos de fio tinto também são de baixo custo, o que os torna uma ótima opção tanto para quem vende quanto para quem compra. Isso porque as cadeiras podem ser comercializadas a um preço acessível, o que gera interesse nos consumidores.

7. Polipropileno

O polipropileno é um polímero flexível, resistente e versátil. Ele é similar ao polietileno, no entanto, a diferença é que todos os outros carbonos da cadeia principal têm um grupo metil ligado a ele.

Além disso, o polipropileno apresenta algumas propriedades específicas e mais significativas, como:

  • maior resistência química;
  • maior elasticidade e tenacidade;
  • maior resistência à fadiga;
  • melhor isolamento;
  • melhor transmissividade.

8. Couro natural

O couro natural é um revestimento nobre, ideal para quem deseja uma cadeira para um ambiente mais sofisticado. Além de melhor qualidade, ele tem maior durabilidade, o que torna o seu valor mais elevado, compreensível por parte do consumidor.

Não podemos esquecer de mencionar a facilidade de manutenção do couro natural e a sua maleabilidade. No entanto, temos que destacar um ponto negativo: com a maior preocupação do bem-estar animal dos últimos anos, muitas empresas não mantém esse tipo de revestimento em seu portfólio, a fim de evitar problemas com seus clientes.

Qual a importância de escolher os revestimentos certos para as cadeiras?

Com o revestimento certo e seguindo o que determinam as normas de ergonomia, a cadeira se torna mais confortável, reduzindo, assim, os problemas de saúde.

Esse é um ponto que precisa ser muito bem observado principalmente por quem trabalha longas horas sentado em frente ao computador e, claro, quem está trabalhando em home office, tendo em vista que, muitas vezes, precisa passar um bom tempo em reuniões online e acaba não se levantando com regularidade durante o expediente.

Além disso, não podemos esquecer da estética dessas cadeiras com revestimentos de qualidade. Elas trazem ao ambiente uma sensação de organização e sofisticação. Logo, quando clientes adentram aquele local, passam a ter uma melhor percepção, o que gera mais valor para a marca.

Revestimentos de qualidade são mais duráveis. Por mais que haja alguma exposição à luz do sol, manipulação frequente, atritos constantes, bons revestimentos tendem a durar mais tempo.

Como acertar na escolha das cadeiras?

Algumas questões precisam ser avaliadas na hora de escolher o revestimento certo para cadeiras. A seguir, listamos os principais deles. Confira!

Ambiente de uso

Para qual fim a cadeira será destinada? A resposta para essa pergunta é muito importante porque isso reflete diretamente na durabilidade do material. Portanto, sempre é importante observar:

  • há alta rotatividade de pessoas para usarem as cadeiras? Se sim, é necessário que o revestimento seja resistente e flexível;
  • há muitas áreas com umidade? Se sim, é importante investir em revestimentos impermeáveis;
  • o ambiente “pede” uma maior sofisticação? Se sim, é interessante investir em revestimentos mais nobres.

Adequação estética

Além da funcionalidade, a qualidade visual dos revestimentos das cadeiras também é importante. Isso porque até mesmo as cadeiras podem transmitir uma mensagem adequada aos clientes daquele lugar.

Conforto

Conforto é uma característica indispensável quando o assunto é cadeira. Isso porque uma cadeira confortável e ergonômica ajuda-nos a manter a postura correta, e até mesmo influenciam na produtividade de quem for usá-la.

Melhor custo-benefício

Muitas vezes, o barato pode sair caro, sim — e isso as pessoas precisam entender. Investir em cadeiras duráveis ajudam a economizar no longo prazo. É claro que tudo depende do orçamento disponível, mas além de poder usar a cadeira por mais tempo, há também o benefício de evitar o surgimento de problemas de postura que afastam colaboradores das suas atividades. Quando isso acontece, o time fica desfalcado e, consequentemente, perde em produtividade.

Como saber se os demais materiais da cadeira são de qualidade?

Não é só de revestimento que se faz uma cadeira confortável. Muitos outros elementos são importantes para trazer essa característica para a cadeira. Veja quais são eles!

Acabamento

Desgastes e arranhões são muito comuns em cadeiras que não têm um acabamento de qualidade. Portanto, é importante observar se o que está sendo oferecido para o cliente não tem esses pequenos defeitos “escondidos” em sua estrutura. Além de fazer a limpeza e manutenção adequadas, conforme indicação do fabricante.

Tecidos

Muitas pessoas preferem os tecidos naturais, como lã, algodão, couro e linho porque são consideravelmente mais confortáveis, seguros e duráveis que os tecidos sintéticos (acrílico e nylon, por exemplo).

Em relação aos estofados, normalmente os clientes acham que as almofadas fofas são as mais confortáveis, não é mesmo? Mas o que eles não sabem é que as mais firmes e removíveis são as que verdadeiramente oferecem essa característica tão importante em uma cadeira.

Espuma

Em relação a espuma, normalmente os clientes acham que as mais fofas são as mais confortáveis, não é mesmo? Mas o que eles não sabem é que as mais firmes

são as que verdadeiramente oferecem essa característica tão importante em uma cadeira. As normas de ergonomia determinam a densidade ideal de acordo com o objetivo de uso da cadeira.

Ergonomia

Não tem como falar em qualidade de uma cadeira sem mencionar a necessidade dela ser ergonômica. As empresas estão cada vez mais preocupadas com o bem-estar dos seus funcionários, uma vez que problemas de má postura aumentam os índices de absenteísmo e prejudicam a produtividade das equipes.

Nesse sentido, ao oferecer cadeiras ergonômicas, é importante destacar não só os cuidados com a saúde do colaborador, mas também a otimização dos espaços dentro do escritório, uma vez que elas têm facilidade de adaptação aos mais diferentes ambientes.

Para saber se a cadeira oferece uma boa ergonomia, avalie os seguintes pontos:

  • profundidade e largura: a cadeira precisa suportar o usuário sem deixá-lo desconfortável;
  • assento com sutil inclinação para trás: isso ajuda a facilitar ajustes na altura da cadeira;
  • suporte ou encosto lombar com encaixe das costas: ajuda o usuário a manter a postura correta, protegendo a sua coluna de outros danos;
  • base estável: o ideal é que a cadeira tenha em média cinco pontos de apoio para trazer conforto ao usuário mesmo após um período longo de atividades.

Portanto, se você deseja encontrar cadeiras com os melhores tipos de revestimento para oferecer aos seus clientes, é preciso contar com a ajuda da Frisokar. Isso porque ela oferece soluções inovadoras em assentos corporativos. Os seus produtos são de altíssima qualidade, resultantes de grandes investimentos em tecnologia, pesquisas e inovação.

Além disso, a Frisokar tem matérias-primas de primeira linha, softwares exclusivos, com tecnologia internacional, e maior padronização e precisão nos seus processos produtivos.

Agora que chegamos ao fim deste post, que tal acessar o site da Frisokar e descobrir as cadeiras com os melhores tipos de revestimento para atrair cada vez mais clientes para o seu negócio? Não deixe essa oportunidade passar!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.