fbpx
pintura eletrostática a pó pintura eletrostática a pó

Fique por dentro das vantagens da pintura eletrostática a pó

6 minutos para ler

Atualmente, muito utilizada pela indústria, a pintura eletrostática a pó se destaca pela sua eficiência e alta performance quando o assunto é cobertura de superfícies metálicas, como aço e alumínio. Além disso, ela é ideal para empresas que desejam aumentar o valor agregado dos produtos que comercializam.

Essa técnica é perfeita para quem quer renovar um objeto metálico. Afinal, toda peça está suscetível ao desgaste natural do tempo, deixando um aspecto opaco e sem vida, desvalorizando o material, por mais bonito e sofisticado que seja o design.

Por esse motivo, a aplicação da técnica da pintura eletrostática a pó é recomendada não apenas para um objeto novo, mas para restauração, trazendo cores mais vivas, mantendo a durabilidade e a intensidade das cores por muito mais tempo.

Nesse artigo, vamos tirar as suas dúvidas sobre a pintura eletrostática a pó e suas vantagens e os motivos pelo qual ela é recomendada na restauração, pintura e coloração de objetos. Boa leitura!

O que é pintura eletrostática a pó?

Primeiramente, é importante esclarecer o seu conceito. De forma objetiva, a pintura eletrostática a pó é um processo que utiliza o princípio da atração e repulsão das cargas elétricas para maior fixação da coloração no objeto. Isso acontece pelo fato da carga elétrica ser oposta a do metal, contribuindo para maior fixação.

Após o processo de pintura, o objeto é levado a uma estufa especial, onde é aquecido para que a tinta se fixe, formando uma película protetora e de excelente acabamento, que contribui para a durabilidade e resistência da tintura. Dessa forma, ela permite maior qualidade e agilidade comparado a outros métodos de pintura.

Sendo assim, o objetivo da pintura, além de trazer personalização das pecas, é proteger as estruturas metálicas da corrosão. Contudo, para maior durabilidade é fundamental escolher o tipo de pintura adequada. Enquanto a pintura eletrostática a pó é livre de solventes, o que oferece menos riscos à saúde e ao meio ambiente, as pinturas líquidas além de utilizar solvente em sua composição, exigem um pré-preparo mais trabalhoso.

Como ela funciona e quais os tipos de tinta mais utilizados?

Agora que ficou claro o que é pintura eletrostática a pó, vamos entender como ela funciona. No momento em que a peça é pulverizada com a tinta, ela recebe uma carga elétrica oposta a do objeto, permitindo que o pó químico se fixe. Em seguida, é a etapa da estufa, que aquece e liquefaz a tinta, fazendo com que forme uma película de alta resistência, acabamento e uniformidade.

A pintura eletrostática a pó apresenta tipos diferentes de técnicas. Confira quais são elas e suas características para acertar na hora de escolher a ideal para o seu projeto ou tipo de negócio:

  • epoxi —é anticorrosiva, com excelente aderência e alta resistência mecânica e química. É indicada para peças industriais, vergalhões de construção civil e tubulações terrestres e marítimas, entre outros;
  • poliéster —com base na resina de poliéster é resistente a amarelamento e tem ótima aderência. Seu uso é indicado em móveis de jardim, componentes automotivos, esquadrias de alumínio, telhados indústrias etc.;
  • híbrido —essa técnica mistura as resinas de poliéster e epoxídicas. A principal característica é a resistência química. Geralmente, é utilizado em autopeças, revestimento de eletrodomésticos, painéis elétricos etc.;
  • Poliuretano —semelhante aos revestimentos de poliéster, é empregado na pintura de grades e esquadrias, máquinas e objetos de uso externo.

Qual o investimento para utilizar a pintura eletrostática a pó?

O investimento inicial para iniciar o uso da pintura eletrostática a pó, sem dúvidas, é uma cabine de pintura e um forno especial chamado estufa para a cura das peças. Deve ser levado em consideração a disposição de espaço e a situação financeira da empresa, afinal, o forno precisa ser grande o suficiente para que a peça permaneça por um tempo mínimo de 10 minutos ( é importante observar que o tempo pode variar dependendo da necessidade de cada material).

Com isso, a empresa precisa de instalações que comportem toda a estrutura de cabine de pintura e forno. O recomendável é que todo o processo de configuração dos equipamentos seja feito de uma única vez.

Vale lembrar que a experiência do colaborador é fator crucial que deve ser considerado, pois o processo de manuseio — se não for bem desempenhado — impacta toda a cadeia de pintura do produto. O operador precisa ser cuidadoso no manuseio, limpeza e averiguação da qualidade do material na linha de produção. O ideal é proporcionar capacitação constante para evitar qualquer tipo de problema indesejado.

Quais as suas vantagens

Antes de mais nada, podemos dizer que uma das principais vantagens em utilizar a pintura eletrostática a pó é sua variedade de aplicações, que vai desde a indústria automobilística, de mobiliário, até empresas que fabricam objetos de linha branca. Contudo, o não contato com solventes, que por sua vez evita danos ao meio ambiente e aos profissionais, está no topo dos benefícios. Confira outras vantagens que separamos:

  • economia — como não há perda de material na aplicação, (o pó que não aderiu pode ser reaproveitado) seu rendimento é total. Além disso, o pouco uso de ar nas estufas traz economia no consumo de energia elétrica;
  • durabilidade — sua resistência contra radiação e corrosão é de alta performance, o que traz uma maior durabilidade em relação aos demais processos de pintura;
  • acabamento perfeito — esse tipo de pintura não apresenta gotejamento, manchas ou bolhas, proporcionando um acabamento perfeito do objeto;
  • maior agilidade —permite que a troca de cores seja rápida, uma vez que não é necessário utilizar solventes;
  • Alta gama de cores — é possível realizar os mais diversos projetos e efeitos pela ampla quantidade de cores disponíveis.

Por fim, podemos afirmar que para empresas que buscam aumentar a qualidade não apenas em performance, mas também em produto para o consumidor final, a pintura eletrostática a pó surge como uma alternativa ideal. Além disso, o seu método sustentável e menos agressivo ao meio ambiente possibilita que a indústria seja amiga do planeta e melhore ainda mais sua reputação junto aos concorrentes e clientes.

Gostou do nosso artigo sobre as vantagens da pintura eletrostática a pó? Aproveite a oportunidade e curta nossa página no Facebook.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.