fbpx
móveis de qualidade móveis de qualidade

O que observar para escolher móveis de qualidade

12 minutos para ler

Nesse texto iremos abordar a importância da escolha de móveis de qualidade para os mais variados ambientes e os principais materiais que são utilizados.

Pode até parecer uma tarefa fácil, porém muitas pessoas ainda se perguntam como se determinam a qualidade do mobiliário e quais as características devem ser observadas.

Você também tem algumas questões que precisam de esclarecimento para a ajudar na escolha móveis de qualidade na composição do ambiente? Continue a leitura desse texto até o final porque vamos contar tudo para você!

Qual é a importância na escolha de móveis de qualidade?

Todo mobiliário, independente do ambiente que irá compor, tem as suas funções básicas, as quais satisfazem a primícia de oferecer conforto, praticidade e ergonomia para os seus clientes.

Além do toque especial que dão aos ambientes domésticos e profissionais, também satisfazem as necessidades do consumidor, por isso a importância de escolher a melhor opção e identificar sua qualidade.

Assim, demonstrar domínio sobre o assunto e apresentar os diferenciais do mobiliário, faz com que o cliente se fidelize porque confia no seu atendimento especializado.

O que é necessário observar na avaliação de um mobiliário?

Nesse momento, além de levar alguns detalhes em conta para a escolha de móveis de qualidade, principalmente com relação à procedência do fabricante e como está a sua reputação no mercado., é preciso avaliar também o acabamento do mobiliário que deseja, verificando o revestimento, a pintura e a fixação das peças.

Nessa avaliação minuciosa é necessário verificar se existem pregos ou tachas aparentas e ainda vestígios de cola em locais proibidos.

No caso do tipo de material utilizado na fabricação dos móveis de qualidade, faz-se necessário a verificação das condições apropriadas para o uso, assim como examinar se portas e gavetas funcionam, se os puxadores estão firmes e se as portas estão alinhadas.

E no caso dos estofados a verificação deve ser estão bem revestidos e se os assentos são confortáveis e seguem normas de ergonomia.

Após todas essas verificações básicas e de grande importância na aquisição de móveis de qualidade, vale ressaltar também as suas funcionalidades para verificar se as características estão de acordo com o propósito do mobiliário, atendendo às necessidades de uso dos clientes.

Para que o mobiliário seja considerado de boa qualidade, ele deve ser resistente pra uso diário e apropriado para sofrer frequentes modificações de local ou de deslocamento, apresentando bons encaixes.

Quais são os principais tipos de madeira na fabricação de móveis de qualidade?

A escolha de mobiliário feito em madeira maciça tem diversos benefícios, entre eles é o material, que é mais sólido e resistente aos arranhões.

Existem também no mercado, opções produzidas pelo que chamados de folhas, com uma base de madeira coberta por várias camadas finais de madeira de boa qualidade, não sendo tão caros como as peças de madeira maciça.

Existe ainda o mobiliário produzido por madeira composta, proveniente de uma combinação de polpa de madeira, plástico e resinas, sendo de boa aparência e um valor mais em conta.

Quais são os tipos de materiais mais usados em móveis de qualidade?

Já identificamos acima os tipos de madeiras e outros componentes, classificados como específicos na produção de móveis de qualidade.

Abordaremos aqui as variações de tipos de madeira que são indicados para constituir o mobiliário que irá decorar o seu ambiente. São eles:

  • mogno – madeira mais popular, com boa resistência e durabilidade;
  • pinho – bem utilizada na decoração em geral e agradável ao toque;
  • cedro – madeira muito resistente e utilizada em móveis de áreas externas;
  • carvalho – madeira que suporta bem a umidade e bem utilizada em jardins;
  • nogueira – madeira com muita durabilidade e de cor avermelhada.

Quais são as diferenças entre MDF e MDP para a fabricação de móveis de qualidade?

MDF é uma fibra de média densidade, que é constituída por painéis de fibras sintéticas de madeira homogênea, de boa resistência e é mais indicado para ambientes internos.

MDP é constituído por partículas de madeira que são aglutinadas com resina, sendo mais indicado para a produção de mobiliário que suporte menos peso e com qualidade desejável (se as placas forem bem construídas).

Quais são as diferenças entre móveis de aço inox e cromados?

Os dois materiais são considerados como compostos de aço, porém precisa ser adequado compor o ambiente desejado.

No caso do aço inox, o material tem muitos benefícios, além de sua alta durabilidade, pois não necessita de manutenção. É fácil de lavar, mais durável, atóxico e reciclável, com muita resistência a ferrugem e a corrosão.

Já o aço cromado não é um material reciclável porque possui a substância do cromo, sendo comprometedor para a saúde e o ambiente. Necessita de cuidados especiais para não enferrujar e se deteriorar, e caso não seja bem manipulado ou descartado, pode contaminar o meio ambiente.

Quais são as funções de móveis de qualidade?

Depois de termos diferenciado os diversos tipos de materiais que compõem os móveis de qualidade, é necessário avaliar as funções do mobiliário no seu cotidiano.

Sendo assim, alguns fatores externos precisam ser levados em conta para entender o custo-benefício.

Umidade

Caso o ambiente seja muito úmido, não é aconselhável adquirir um mobiliário de madeira maciça ou de MDF.

Largura

Caso você precise de mobiliário mais largo e que precisem suportar muito peso, não é aconselhável o MDF, pois não terão a devida sustentação a um peso grande e constante.

Peso

Nesse casso, o fator principal a ser considerado é o da economia. Ou seja, para um mobiliário de apoio, que não suportará muito peso, pode ser produzido de material mais simples, porém a atenção ao acabamento deve ser manter.

Caso o móvel deva sustentar maior peso é recomendado que seja produzido de material mais resistente, como madeira maciça, demandando os devidos cuidados com a umidade.

Montagem

Nesse caso, o mobiliário composto de MDF é muito mais resistente as movimentações, montagens e desmontagens, por terem os encaixes de pregos e de parafusos com menor desgaste. Por este motivo, é muito utilizado nas partes internas e que não aparecem nos móveis de qualidade.

Por que investir em móveis se qualidade para a revenda?

Para trabalhar com a venda de móveis de qualidade, os fornecedores devem ter um catálogo variado, que tenha mais opções na loja para os clientes.

Um fabricante ou um fornecedor correto, mantém um histórico empresarial disponível para a consulta dos consumidores. Ou seja, deve deixar claro o seu processo produtivo, princípios e valores que segue, além da sua reputação junto aos clientes.

Outro fator muito importante a ser considerado como uma questão principal é o custo-benefício que o mobiliário oferece ao consumidor, conforme o seu objetivo.

Ao fim de tudo, muitos clientes preferem investir mais, caso isso signifique que a aquisição da peça ofereça um bom acabamento e funcionalidade, além de maior elegância.

Como escolher o mobiliário perfeito para cada ambiente?

É necessário observar algumas características do espaço, tirar algumas medidas, observar qual é a mobília essencial e mais adequada para cada ambiente da casa ou do trabalho.

Conhecendo o espaço disponível

Conheça bem o espaço, tendo sempre em mãos a metragem do local, para fazer o melhor posicionamento do mobiliário considerando o espaço livre para movimentação das pessoas que irão ali frequentar.

Definição de estilo

Faça um esboço com a sua inspiração para a montagem do espaço que será mobiliado. Assim, não vai errar na escolha pelos móveis de qualidade, nem terá gastos desnecessários.

Considere o seu cotidiano

Seja racional e escolha a mobília de acordo com a rotina, para que não transforme o seu plano de decoração em trabalho dobrado.

É essencial pensar na união entre a estética e a funcionalidade, escolhendo um mobiliário funcional, que chegue ao seu estilo de vida no investimento da decoração, direcionada aos seus fins.

Análise da qualidade do mobiliário

Nesse momento da pesquisa é fundamental avaliar o custo-benefício por meio de uma minuciosa análise.

Primeiramente, verifique a estrutura da peça, com foco na durabilidade e na boa qualidade. Depois, verifique o acabamento e a praticidade se correspondem ao estilo de decoração.

Atenção para a escolha das cores

Antes de adquirir o mobiliário observe a paleta de cores das paredes, pisos e decoração para que tudo fique harmônico.

Assertividade na disposição da mobília

Acomode os itens maiores primeiro, depois os menores para a composição mais harmônica do ambiente, dando melhor conforto ao espaço.

Como escolher os móveis de cada cômodo?

Considerar as características de cada cômodo, verificar o que não pode faltar, são uns dos itens que devem ser levados em consideração na compra em separado dos móveis.

  • quarto – considere o conforto para o cômodo que serve como refúgio de descanso;
  • cozinha – o essencial é a fácil limpeza, priorizando a boa circulação;
  • sala de estar – combina conforto e beleza para receber em momentos felizes;
  • sala de jantar – poucos elementos para que as pessoas não se esbarrem;
  • banheiro – é essencial manter a personalidade e a boa estética;
  • área externa – considere como usar com móveis resistentes e impermeáveis.

Quais as melhores dicas para comprar móveis de qualidade?

Aqui vamos dar algumas boas dicas para você antes de comprar o mobiliário de qualidade, encontrando itens que se adaptem às suas necessidades.

Como qualquer outro tipo de investimento, devem-se considerar alguns detalhes específicos para que o processo de compra não se torne frustrante.

Análise do produto antes da compra

Analise todos os detalhes e as especificações do produto, prestando atenção no custo versus benefício. Atente principalmente para os detalhes de tamanho e para o tipo de material, evitando os gastos desnecessários.

Identificação da qualidade pelas avaliações

No e-commerce leia as avaliações de outros consumidores e as suas opiniões sobre a peça que pretende adquirir, para se informar melhor sobre a qualidade e conhecer mais sobre o produto que está disponível e suas características.

Evite mobiliário de material leve

Escolha peças resistentes e de alta qualidade, a fim de evitar condições precárias durante o seu uso, por causa da baixa durabilidade.

Fique atento ao orçamento

Antes de mais anda, saiba o quanto poderá investir, procurando algo de qualidade e com durabilidade para evitar desperdício de dinheiro.

Faça após isso uma pesquisa de preço, comparando o valor e a qualidade dos produtos, levando em consideração o custo-benefício.

Faça uma lista do que precisa

Liste todos os móveis que irá precisar comprar para cada ambiente que deseja decorar. Além disso, meça tudo o que precisar no ambiente para saber do espaço disponível e para que a mobília seja utilizada de forma funcional, não atrapalhando a circulação no ambiente.

Atenção com as compras na internet

Quando for efetuar as suas compras no digital tome muito cuidado e tenha cautela antes de efetivar a sua compra.

É sempre aconselhável verificar os comentários de outros compradores para saber as suas opiniões sobre o produto desejado ou sobre a entrega realizada no prazo combinado, inclusive se foi entregue sem avarias.

Por esses e outros motivos, é válido também buscar as referências do produto que quer comprar, do fabricante ou do vendedor para saber de suas reputações com seus clientes.

Buscando ainda pelas informações da assistência que é oferecida ao cliente, em caso de defeitos ou de problemas, dando a devida garantia do pós venda.

Nesse texto podemos perceber que é necessário que os móveis de qualidade sejam compostos do material apropriado para cada ambiente e que esteja de acordo com cada cômodo.

Quando se trata do investimento alto em mobiliário, deve-se levar em consideração a qualidade por meio da realização da parceria com um fornecedor de confiança, para proporcionar uma boa relação de confiança na construção de uma experiência boa para ambas as partes.

Gostou do que falamos nesse texto? Se fez sentido para você deixe o seu comentário e conte o que achou dessa troca de conhecimento! Ficaremos muito felizes de saber a sua opinião.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.