fbpx
indústria de móveis indústria de móveis

Entenda quais são as tendências tecnológicas da indústria de móveis

6 minutos para ler

Mobiliário ergonômico direcionado para o regime detrabalho home office, móveis multifuncionais, produções conectadas, entre muitas outras — definitivamente, em se tratando da indústria de mobiliário, a tecnologia está cada vez mais presente e em constante evolução. E no mercado há sempre alguma novidade no segmento para se tornar o mais novo objeto de desejo dos consumidores antenados a esse universo. 

Além disso, com a mudança de comportamento provocada pelo difícil momento que estamos enfrentando, faz com que seja necessário àqueles que atuam na elaboração de projetos de interiores e os revendedores do setor moveleiro se atualizarem constantemente para acompanhar as novas necessidades de adaptação do ambiente, seja em casa ou no escritório.

Por essa razão, neste post, vamos listar algumas das principais tendências tecnológicas da indústria de móveis às quais você precisa ficar atento para sempre se destacar da concorrência!

Os móveis multifuncionais

Não é nenhuma novidade que, ao longo do tempo, os imóveis vêm diminuindo significativamente de tamanho. Com isso, a busca por mobiliário funcional tem aumentado, para otimizar espaços e ainda assim ter um ambiente confortável.

Sendo assim, um dos aspectos mais importantes no momento da escolha dos móveis para uma casa, apartamento ou ambiente corporativo, é a versatilidade. A ideia é apostar em opções que facilitem a organização do espaço e que tragam uma maior praticidade ao cotidiano, colaborando para o bem-estar e ainda assim agregando mais de uma funcionalidade.

Desse modo, ao perceber que esse tipo de mobiliário faz sentido para o perfil de cliente com o qual você está tratando, não hesite em propor alternativas que reúnam diferentes opções em uma única peça — porém, é claro, sempre prezando pelo estilo, pela harmonia com o restante da decoração e pela sensação de aconchego.

A produção conectada

Conhecida também como a integração entre produção, projeto e gestão, a produção conectada se dá com o emprego de plataformas que, devido ao alto nível de tecnologia empregado, permitem que haja um verdadeiro dinamismo presente em todos os estágios do processo de elaboração de projetos. Nesse sentido, ainda merecem destaque a elevada rapidez e a grande exatidão no levantamento de dados e informações.

Esses softwares disponíveis para arquitetos e moveleiros, em resumo, permitem a integração entre o projeto que é elaborado, por exemplo, e o maquinário industrial. Com isso, ainda há ganhos em termos de economia, já que o custo da mão de obra é reduzido e os processos passam por uma padronização, aumentando, como consequência, a qualidade da produção dos móveis.

Mobiliário ergonômico para o regime home office

Como dito na introdução, com nossa mudança de hábitos e nossa nova realidade, nosso comportamento mudou e essas alterações se estenderam também às corporações, que passaram, então, a ter a maior parte do seu quadro de pessoal trabalhando em regime home office.

Como consequência dessa nova realidade, muitos profissionais se viram diante da necessidade de adaptar o lar para o desempenho das atribuições, o que inclui a utilização de um mobiliário adequado.

Nesse caso, quando falamos da tecnologia paramóveis voltados ao regime remoto de trabalho, é preciso dar prioridade à praticidade e à ergonomia. Sendo assim, vimos a crescente procura pormobiliário de escritório que sejam funcionais, compactos e que sejam focados na ergonomia, afinal, para oferecer conforto sem reduzir a produtividade.  

Desse modo, os colaboradores que precisam improvisar um espaço para desenvolver suas funções em casa não dispõem de um ambiente apropriado, semelhante àquele do escritório. Considerando esse ambiente bem mais limitado, então, a indústria moveleira deve aliar a praticidade e o design nas suas produções para atender essa necessidade.

O uso de materiais alternativos na fabricação

Na verdade, o uso de materiais alternativos, com uma maior consciência ecológica e sustentável, não pode ser necessariamente considerado uma novidade, uma tendência. Entretanto, fato é que, nos últimos anos, a sustentabilidade vem ganhando espaço e tornando-se fortalecida.

Inclusive, esse movimento fez crescer também a procura por mobiliário desenvolvido a partir do upcycling, que pode ser definido como a iniciativa de dar uma nova destinação a matérias-primas que, de outro modo, seriam descartadas.

O descarte consciente, as certificações ambientais e o uso de materiais recicláveis também têm ganho destaque como soluções inovadoras que se preocupam com o meio ambiente.

A tecnologia embutida nas produções

Por fim, mais uma tendência que certamente, muito em breve, de algum modo, alcançará com ainda mais força a indústria de móveis é a Inteligência Artificial (IA). Isso porque já é possível afirmar que, em um futuro bastante próximo, será comum haver casas e equipamentos inteligentes interconectados por toda a parte. 

Com isso, a consequência natural é que passe a ser maior a busca por móveis que disponham das mais diversas tecnologias que atendam às necessidades de conectividade — por exemplo, entradas USBs, carregador por indução ou tomadas embutidas no mobiliário.

Como você viu, com a tecnologia ganhando espaço nos mais diversos segmentos, inclusive na indústria de móveis, é imprescindível se manter antenado às novidades que surgem a uma velocidade impressionante e que despertam o interesse dos clientes mais ligados a esse universo da inovação.

Somente assim, será possível oferecer boas alternativas que os deixarão realmente satisfeitos, impactando o seu sucesso profissional, elevando a sua autoridade no setor e colocando-o em destaque perante a concorrência.

Este conteúdo que nós preparamos foi útil? Você já vem ofertando alguma das tendências tecnológicas da indústria de móveis em sua revenda? Gostaria de citar alguma que tenha ficado de fora da nossa lista? Então, basta deixar um comentário no nosso post e enriquecer o nosso conteúdo com as suas experiências!

Posts relacionados

Deixe um comentário