fbpx
como escolher móveis para escritório como escolher móveis para escritório

Como escolher móveis para escritório: 4 dicas para você acertar na escolha!

6 minutos para ler

Logo que nos vimos diante de um cenário pandêmico caótico e inesperado, algumas medidas foram tomadas, especialmente por parte das empresas. Nesse sentido, mesmo em meio a uma nova realidade completamente atípica, o regime home office — que, até então, vinha ganhando espaço de forma gradual — passou a ser adotado de um momento para o outro pela maior parte das empresas.

A medida, inclusive, “pegou” muitos trabalhadores tão desprevenidos que boa parcela precisou improvisar, fazendo pequenas adaptações na casa, com a finalidade de acomodar os materiais necessários para o desempenho das atribuições. Entretanto, mais de um ano depois, permanecemos atravessando um período delicado e, além disso, muito se fala sobre a forte tendência de o modelo de trabalho remoto ser adotado de maneira definitiva por muitas companhias e também o trabalho híbrido – dividido entre home office e presencialmente na empresa,, mesmo após o fim da pandemia.

Por essa razão, muitos profissionais já vêm tomando a iniciativa de preparar melhor o próprio lar no intuito de transformá-lo também em um espaço laboral, onde poderão exercer as suas funções de maneira mais organizada. E você? Como vem se preparando, então, para essa nova demanda em alta? Já sabe como escolher móveis para escritório a fim de disponibilizar as melhores alternativas para o atendimento das necessidades do público? Continue a leitura do post e veja mais!

1. Entenda as necessidades do cliente para identificar quais produtos sugerir

Embora tenhamos citado a adoção da modalidade de trabalho remoto como o principal fator que vem movimentando o segmento mobiliário nos últimos temposo seu público não será restrito aos profissionais que passaram a enfrentar a necessidade de “montar” escritórios em casa (se você atua no setor, incluindo opções diversificadas de móveis corporativos). Então, o passo inicial é, sem dúvida alguma, entender com que tipo de consumidor você está lidando.

Isso porque, ao atender empresários que objetivam mobiliar um pequeno escritório, por exemplo, há que se considerar determinados pontos, como o volume da venda — que será maior —, a padronização e customização do mobiliário, a área de atuação da empresa (a fim de entender a demanda) etc. O mesmo já não é aplicável em se tratando de funcionários em atuação no regime home office.

Nesse segundo caso, ainda que seja fundamental entender as necessidades a serem supridas para o desenvolvimento das atividades do profissional, os elementos que merecem uma maior atenção são outros. É importante, por exemplo, avaliar se o cliente dispõe de um espaço próprio, como um cômodo livre, para alocar os móveis, se o mobiliário deverá ser integrado a outros ambientes, como o quarto, o tipo de piso, entre outros pontos.

2. Avalie os mobiliários mais utilizados em escritórios

Complementando o tópico anterior, essa análise é igualmente importante e a escolha dos produtos a serem sugeridos está também diretamente ligada ao tipo de consumidor. Ao considerar a montagem de ambientes de trabalho, por exemplo, é fundamental levar rigorosamente em conta todos os aspectos ergonômicos — principalmente as disposições da NR 17.

Por outro lado, para escritórios que serão projetados em residências, embora a ergonomia permaneça como um elemento indispensável, passa a ser viável (e até conveniente) trabalhar com opções mais personalizadas. Isso porque você tem a possibilidade de compreender exatamente as preferências do usuário final do produto, considerando o tipo de revestimento ideal do assento, os limites espaciais do local, as características que a cadeira vista como a ideal deve ter etc.

3. Para saber como escolher móveis para escritório, considere principalmente a qualidade

Fugindo um pouco dos direcionamentos dos demais tópicos, nesta seção, é importante ressaltar que, para saber como escolher os melhores mobiliários corporativos a serem disponibilizados ao seu público, o fator mais importante a ser levado em conta é a qualidade do produto. Isso, vale dizer, independe do tipo de consumidor com o qual você lidará na finalização das vendas na loja.

Para compreender melhor esse aspecto, é válido buscar entender o que exatamente compõe o conceito de “qualidade do produto” — um termo, na verdade, multidimensional. Isso porque, em se tratando de qualidade, muitos são os pontos a serem observados, como a durabilidade dos móveis, o acabamento, a aparência e todos os demais pontos (incluindo o desempenho) que impactarão a experiência do seu cliente.

Basicamente, essa concepção está relacionada com as características que o mobiliário apresenta e que são capazes de atender às necessidades e suprir as expectativas do seu público-alvo. Desse modo, é fundamental contar com bons fornecedores, que, se bem escolhidos, acabarão por representar grandes aliados na construção de uma reputação positiva para a sua loja.

4. Pense nos impactos sobre a produtividade no escritório

Por fim, a última dica também independe do tipo de consumidor com o qual você lidará — seja um empreendedor montando um pequeno escritório, seja um profissional atuando no regime de trabalho remoto. É imprescindível que você disponha de mobiliários corporativos que ajudem a promover a produtividade do usuário final.

Para tanto, é essencial estar aberto e receptivo às inovações que surgem no segmento moveleiro, como móveis multifuncionais – que podem servir a uma série de finalidades, inclusive otimizando os espaços; cadeiras com base giratória e rodízio, que, ao facilitarem a mobilidade do trabalhador, permitem que ele exerça as suas atribuições sem dificultadores; como bases fixas, que exigiriam constantes movimentos de sentar e levantar, por exemplo, apenas para acessar documentos arquivados no gaveteiro ao lado etc. Essa questão, assim como a do tópico anterior, também está relacionada a uma boa escolha de fornecedores.

Portanto, ao pensar em como escolher móveis para escritório funcionais e de alta qualidade para disponibilizar aos seus consumidores, mais do que considerar as necessidades das parcelas do público atendidas pela sua loja, é necessário contar com uma empresa que ofereça soluções inovadoras no setor mobiliário, como a Frisokar. Como resultado de constantes investimentos em pesquisas, tecnologia, automatização dos processos, etc., você pode ter acesso a itens de altíssimo nível fabricados com uma matéria-prima de primeira linha, o que certamente o ajudará a se tornar uma referência no nicho.

E então? Este conteúdo foi útil? Agora, que tal entrar em contato conosco e conhecer o nosso catálogo de produtos? Vamos lá!

Posts relacionados

Um comentário em “Como escolher móveis para escritório: 4 dicas para você acertar na escolha!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.