fbpx

Por que diversificar os canais de venda da empresa? Descubra!

canais de venda

Conquistar e manter clientes não é tarefa fácil e requer muita criatividade e dedicação. Isso porque a concorrência não está mais somente nos estabelecimentos da sua cidade ou da sua região, mas sim, em todo Brasil ou a nível mundial, pois a internet possibilitou a criação e uso de diversos canais de venda.

Entretanto, a boa notícia é que você também pode utilizar esses recursos para captar mais clientes, realizar mais vendas e ganhar destaque no mercado.

Pensando nisso, preparamos este texto com dicas de como diversificar canais de venda para a sua empresa. Acompanhe!

Entenda o que são e para que servem os canais de venda

Canais de venda são os diversos meios através dos quais as empresas realizam as vendas de seus produtos. Esses canais são lugares físicos ou digitais em que os produtos são vendidos e entregues aos compradores.

Por meio deles, o público-alvo passa a ter contato com o produto ou serviço ofertado, possibilitando que a compra seja realizada.

É importante ressaltar que existem canais de venda que são mais indicados para determinados segmentos e garantem o sucesso das vendas.

Para escolher os melhores canais, é preciso usar uma estratégia de marketing e segmentar o público-alvo.

Além disso, é muito importante entender quais as principais particularidades de cada um dos canais e levar em consideração os objetivos e finalidades do negócio.

Os canais de venda offline podem ser resumidos em:

  • pontos de venda ou lojas físicas — próprias, franquias ou distribuidoras;
  • venda direta;
  • telemarketing;
  • revistas, jornais e rádios.

Já os principais canais online são:

  • marketplaces;
  • e-commerces ou lojas virtuais;
  • programas de afiliados;
  • Google Adwords e Adsense;
  • Google Shopping;
  • Redes sociais como o Facebook; Instagram; LinkedIn e YouTube.

Veja 7 dicas de como diversificar os canais de venda da empresa

Utilizar diferentes canais de vendas é importante para alcançar novos públicos e mercados e, consequentemente, aumentar as vendas. Para que isso seja realmente efetivo e promova resultados significativos é essencial levar em consideração as particularidades de seu negócio, o perfil do cliente, quais são os seus concorrentes e como deseja se posicionar no mercado.

Ou seja, é essencial, primeiramente, elaborar uma estratégia de marketing para investir esforços e recursos nos canais mais adequados ao seu negócio. Entretanto, para ajudá-lo nessa jornada, destacamos algumas dicas importantes. Confira!

1. Trace seus objetivos

Essa etapa pode parecer óbvia para algumas pessoas, porém, nem todos começam por ela. Traçar os objetivos diz respeito ao tempo e dinheiro que serão investidos em cada canal, qual público deseja alcançar e qual o resultado esperado. Por meio da formulação desses objetivos, será possível acompanhar quais canais são mais eficazes e se os resultados estão sendo positivos.

2. Conheça as demandas dos locais

Conhecer as demandas é imprescindível para realizar ações que gerem resultados significativos. Para isso, é necessário conhecer o público-alvo, o quanto seu produto ou serviço é importante para seu público, onde seu cliente está e como chegar até eles. Para determinados negócios, o público-alvo pode estar segmentado em diversos canais e para isso é necessário compreender a demanda para que os serviços e produtos cheguem de forma adequada e se destaquem, convertendo em vendas.

3. Aposte nos marketplaces

Os marketplaces são uma excelente estratégia para os negócios que não têm muita visibilidade online e desejam fazer um investimento inicial menor. Eles costumam cobrar uma porcentagem sobre a venda, portanto, você só paga se vender.

Além disso, por já serem consolidados no mercado, têm alto tráfego de pessoas e seu produto pode ganhar mais visibilidade, o que ajuda os possíveis clientes e encontrarem sua marca com mais facilidade.

Entretanto, a concorrência dentro do marketplace é grande, demandando soluções criativas para valorizar os diferenciais do seu produto e também ganhar destaque quanto às condições comerciais. Além disso, é essencial que você se dedique a fim de obter uma boa qualificação e consequente reputação referente ao atendimento, qualidade e entrega.

4. Esteja presente nos comparadores de preços

Os comparadores de preço são muito eficazes e interessantes para os negócios que já atuam com loja virtual e trabalham com preços competitivos. Por meio deles, seu site e produtos aparecerão para mais pessoas, as quais poderão conhecer sua marca ou produto por meio de um preço atrativo. Mas é importante destacar que caso não tenha preços competitivos, dificilmente terão resultado.

5. Participe de aplicativos

Existem diversos aplicativos que podem ajudar nos diferentes perfis e tipos de negócios. É importante sempre analisar a confiabilidade e a qualidade do aplicativo e também qual a infraestrutura necessária para fazer parte dele.

Essa é uma estratégia interessante pois, assim como os marketplaces, seus produtos e serviços são encontrados por possíveis clientes que talvez não chegariam até seu negócio diretamente.

6. Não esqueça das redes sociais

Conforme mencionamos, as redes sociais são canais de venda muito eficientes. Inclusive, alguns negócios de sucesso nasceram, cresceram ou se mantêm apenas com estratégias de venda no Facebook e Instagram, por exemplo. Isso porque em média, os brasileiros passam diariamente cerca de 2 horas nas redes sociais e podem ser impactados pelos conteúdos ali presentes.

Por isso, além de utilizar as ferramentas de publicidade, divulgação e vendas presentes nessas redes, é importante também marcar presença, por meio de publicações relevantes — gerando interação com seu público-alvo. Sendo assim, publique periodicamente e não deixe de responder aos comentários e mensagens.

7. Não deixe de lado os canais de atendimento

Não adianta utilizar diversos canais de venda e deixar de lado canais tradicionais de atendimento como e-mail, telefone ou whatsapp. Isso porque esses proporcionam uma comunicação eficiente com o cliente e, dessa forma, passam confiabilidade e segurança (quando bem utilizados). Assim, indicar esses canais possibilita atender clientes mais tradicionais e demonstra seriedade, aumentando também as chances de venda e de fidelização.

Utilizar variados canais de venda está relacionado com o antigo ditado que diz que “não devemos colocar todos os ovos na mesma cesta”. Sendo assim, implementar a diversificação dos canais de venda está relacionado com a busca por expandir o mercado e atender de forma global.

Porém é importante estar presente nos canais que sejam possíveis gerenciar – de nada adianta estar presente se não há interação com o público ou retorno.

Diversificar os canais de venda é muito importante para alcançar diversos perfis de clientes, ampliando também os resultados e vendas. Entretanto, para isso é essencial traçar um planejamento estratégico e de marketing levando em consideração as características e objetivos de seu negócio, a fim de que o posicionamento definido seja realmente eficaz, possibilitando que os objetivos sejam alcançados.

Gostou de saber sobre a importância dos canais de venda e de entender mais sobre como criar estratégias eficazes para melhorar seus resultados? Então, compartilhe este post em suas redes sociais para que mais pessoas confiram essas dicas e compreendam mais sobre esse tema tão importante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *