fbpx
dicas para escolher uma boa cadeira ergonômica de escritório dicas para escolher uma boa cadeira ergonômica de escritório

3 dicas para escolher uma boa cadeira ergonômica de escritório

6 minutos para ler

Muito tem se falado a respeito das mudanças que estão ocorrendo no ambiente de trabalho, reforçadas pela pandemia, como a tendência de manutenção do home office por uma parcela expressiva dentre as empresas. Em simultâneo, dados revelam também que houve um significativo aumento no ensino a distância dentro dos últimos dez anos.

O fato é que esse cenário nos leva a um novo contexto, em que, cada vez mais, as pessoas vêm passando a desempenhar de suas casas atividades que, em outros tempos, exigiam o deslocamento até o trabalho — ou até um campus, no caso das graduações ou pós-graduações semi-presenciais, por exemplo. Devido a essa mudança, surge uma nova necessidade: ter um espaço apropriado em casa para trabalhar e/ou estudar e, nesse sentido, há aspectos essenciais que não podem ser negligenciados para a preservação da saúde e do bem-estar.

cadeira ergonômica de escritório é um deles. Item fundamental para o planejamento desses ambientes, essa é uma solução que definitivamente não pode faltar no seu portfólio de produtos. Por isso, neste post, explicaremos o que se deve observar em termos de ergonomia e por que vale a pena investir na oferta desse mobiliário no seu ponto de revenda. Boa leitura!

O que se pode entender por ergonomia?

Antes de compreender os elementos que devem ser observados nos produtos que serão disponibilizados no seu portfólio, é conveniente dominar o conceito de ergonomia. Isso é interessante, inclusive, porque permitirá que você ressalte as vantagens de uma cadeira ergonômica de escritório com mais propriedade, indicando-a de acordo com as necessidades do potencial cliente.

Sendo assim, de maneira breve, podemos conceituar a ergonomia como uma ciência de caráter multidisciplinar que tem como objetos os parâmetros psicossociais, antropométricos e biomecânicos de modo a adaptar o espaço laboral às necessidades humanas — englobando elementos psicológicos e físicos. Em termos ainda mais simples, é possível afirmar que é o estudo da relação que se estabelece entre o homem e seu ambiente de trabalho.

No Brasil, a NR 17 (Norma Regulamentadora nº 17) define os parâmetros para tal adaptação das condições de trabalho às características dos profissionais, visando a assegurar eficiência, conforto e segurança no desempenho das atribuições. No entanto, tratando mais especificamente da padronização dos processos e dos produtos, temos a NBR 13962, da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Ela também regulamenta os padrões de conforto e de segurança, definindo as características dimensionais e físicas exigidas para móveis de escritório, mais especificamente a cadeira ergonômica de escritório.

Porém, como sabemos que são diversas as opções comercializadas por inúmeros fornecedores, a seguir, separamos algumas dicas fundamentais sobre o que você deve avaliar antes de adquirir os produtos que serão disponibilizados ao seu público, objetivando ofertar itens de qualidade.

O que observar ao escolher uma cadeira ergonômica de escritório?

Muitos pontos precisam ser cuidadosamente avaliados quando se trata de definir o mobiliário que fará parte do seu portfólio de produtos, como tipo de encosto, o assento, a presença de rodízio etc. Nesse sentido, a seguir, confira uma espécie de “checklist” que o ajudará no momento da escolha.

1. Analise a possibilidade de inclinação do encosto

Em intervalos espaçados de tempo, é recomendável que o usuário se levante, tenha um momento de pausa e alongue-se após ter passado bastante tempo em uma mesma posição. No entanto, em alguns casos, essas interrupções podem acabar por causar dispersões, prejudicando a produtividade.

Para evitar isso — ou seja, a necessidade de se levantar e de fazer uma pausa não programada para aliviar eventuais desconfortos —, existem opções de cadeiras que permitem esse movimento mesmo que o usuário permaneça sentado.

Nesse caso, algumas alternativas dispõem de um sistema chamado “relax” enquanto outras apresentam a possibilidade de ajustes no nível de inclinação do encosto. Dessa forma, o usuário tem a chance de encontrar o posicionamento ideal para melhor acomodá-lo.

2. Verifique a regulagem de altura

Outro ponto que você, revendedor, não pode negligenciar é a possibilidade de regulagem de altura. Isso porque o ideal é que o usuário, ao sentar-se na cadeira ergonômica de escritório, possa manter os seus pés apoiados totalmente no chão.

Então, no momento da escolha, priorize as alternativas que disponham de reguladores por sistemas de pistão, que são bastante práticos. Outra alternativa é inserir no seu portfólio um apoio para os pés, o que também pode ser útil para que o usuário fique melhor posicionado.

3. Priorize a presença de rodízios

Embora não seja um item essencial, o rodízio facilita — e muito — o dia a dia de quem passa longos períodos sentado em uma cadeira ergonômica de escritório. Extremamente úteis, eles evitam que os pés do mobiliário arrastem no chão, causando, por exemplo, eventuais danos ao piso.

Além disso, esse componente oferece maior mobilidade ao usuário, que não precisa se levantar constantemente para, por exemplo, acessar documentos que estejam arquivados em um móvel próximo, sendo possível se deslocar até lá com facilidade. Ao considerar esse elemento, apenas lembre-se de que o seu nível de resistência deve ser suficiente para evitar movimentações involuntárias.

Qual é a importância de escolher bons fornecedores?

A verdade é que diversos aspectos devem ser avaliados cuidadosamente para que você tenha a certeza de que está disponibilizando os melhores mobiliários em termos de ergonomia para o seu público-alvo.

Contudo, há uma medida que o ajudará a eliminar as chances de cometer erros no momento da aquisição de produtos para a composição do seu portfólio e o ajudará a garantir que os itens comercializados no seu empreendimento moveleiro terão qualidade, garantindo a satisfação dos seus clientes.

Estamos falando da escolha de um bom fornecedor. A Frisokar, por exemplo, utiliza matérias-primas de primeira linha e uma tecnologia internacional que visa garantir melhor performance dos seus produtos, assegurando a padronização dos processos produtivos e investindo constantemente em pesquisas, tecnologia e inovação.

Portanto, em se tratando de escolher um bom fornecedor de cadeiras ergonômicas de escritório, considere as nossas soluções. Somos uma empresa pioneira no mercado de componentes para assentos corporativos e a companhia do setor que mais investe em tecnologia de ponta.

A propósito, agora aproveite a visita ao blog e conheça um pouco mais sobre as cadeiras da nossa categoria office!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.